Observando o Tietê - SP

Detalhes do Grupo

Associação Aramitan

Cotia-Guarapiranga

28/03/2015

Outros

Misto

Rio Congonhal

Estrada do Filipinho

Embu Guaçu - SP

Associação Aramitan

Estefania Momm

Douglas Sales Borges


Juliana Lima,
Gabriela Leonardo Ferez,
Luiz Carlos,
Tallita Leandro,
Gabriela Ferez,
Rodolfo de Albuquerque,
Miquéias,
Elcio Tomaz,
Ingrid Oliveira,
Rogério Miguel,
Daniel Stosieck

Avaliações
Cadastradas
Nota Final
2015
28/03/2015 33,00 - Regular
26/04/2015 27,00 - Regular
04/06/2015 33,83 - Regular
28/06/2015 26,92 - Regular
02/08/2015 29,00 - Regular
30/08/2015 32,31 - Regular
12/10/2015 31,00 - Regular
06/12/2015 28,00 - Regular
2016
24/01/2016 27,00 - Regular
06/03/2016 28,00 - Regular
01/05/2016 31,00 - Regular
09/07/2016 30,00 - Regular
24/08/2016 26,00 - Ruim
11/09/2016 33,00 - Regular
09/10/2016 28,00 - Regular
06/11/2016 28,00 - Regular
10/12/2016 30,00 - Regular
2017
09/01/2017 31,00 - Regular
20/02/2017 30,00 - Regular
13/03/2017 30,00 - Regular
12/06/2017 31,50 - Regular
Grupo Ativo
Mostrar Resultados Completos
A Associação Aramitan é um Centro de Desenvolvimento Sociocultural construído entre os bairros Valflor e Filipinho, em Embu Guaçu, SP - Brasil.

A partir da inspiração na Antroposofia - Pedagogia Waldorf, nos quatro pilares da Educação do século 21 da UNESCO e na Declaração dos Direitos Humanos da ONU, tem como missão oferecer às crianças, jovens e famílias atendidas um ambiente seguro, aconchegante e inspirador em meio a natureza para acolher diversas atividades. Atua nas áreas de desenvolvimento social, cultural, intercâmbio e meio ambiente.

Foi fundada em 2005 por Santiago De Marco e sua esposa Sandra Gamarano. Nos primeiros anos, o Aramitan começou a ser construído por mutirões de jovens voluntários de vários países, em sistema de intercâmbio. Este trabalho deu início a uma importante troca de culturas e vivências e criou o espírito de fraternidade e resiliência que continua fazendo parte do Aramitan até hoje.

Em 2009, iniciaram-se atividades voltadas para o desenvolvimento sociocultural das famílias das comunidades vizinhas e dos jovens atendidos, com ênfase ao apoio socioeducativo às crianças e ao protagonismo jovem.

Os bairros estão crescendo e com isso aumenta também o desafio de atender cada vez mais pessoas, visando a transformação que queremos no mundo e criando confiança e esperança para o futuro.

O nome Aramitan vem do Guarani, uma etnia Indígena das Américas, que ainda mantém sua cultura viva em reservas da região. Na linguagem nativa Aramitan significa: “A criança que une o céu e a terra”.

Em 28 de março de 2015, aniversario de Embu Guaçu, durante um Mutirão no Aramitan, recebemos o ambientalista Cesar Pegoraro, do Projeto “Observando os Rios” que faz parte do Programa Rede das Águas da Fundação SOS Mata Atlântica para o início de uma importante parceria para monitoramento da qualidade da água do Rio Congonhal.

O Rio Congonhal foi escolhido por fazer parte de um dos principais afluentes do Rio Embu Guaçu, que abastece a Represa de Guarapiranga.

Todos os interessados são bem-vindos para se juntar ao grupo. Esperamos contar cada vez mais com jovens de Embu Guaçu, engajados na luta pela preservação dos rios e da mata deste município 100% Manancial.

O Aramitan está de olho no Congonhal!